Fale conosco
Onde estamos
Imprensa
Trabalhe conosco
Pré-agendamento Cirúrgico
E-mail
O que você procura?
Na categoria:
Imprensa » Notas
Clique e compartilhe:
Comitê Multidisciplinar Interno de Enfrentamento ao COVID-19
Publicado por Administração HSVP

Data: 26/03/2021

Grupo completa 1 ano de trabalhos em prol das atividades de estudo e organização para adoção das melhores práticas de atendimento aos pacientes HSVP durante a pandemia

 

          O Hospital Regional São Vicente de Paulo está em constante movimentação tomando todas as medidas necessárias, para atender a comunidade de Mafra e do Planalto Norte, em relação à atual pandemia do Corona Vírus.

          Neste mês de março, completa 1 ano da criação do Comitê Multidisciplinar Interno de Enfrentamento ao COVID-19, sob a Coordenação de seu Diretor Técnico Dr. Michael R. Lang, e seu Coordenador Geral, Sr. Dário Clair Staczuk. É composto pelos seguintes profissionais, Enf.º Amilton Fernandes Dias – Coordenador de Enfermagem, Sr. Dario Clair Staczuk – Coordenador Geral HSVP, Enf.ª Denise Dallagnol – Coordenadora do SCIH, Dr. Farley Juliano da Silva Souza – Médico Coordenador do SUE, Fisio. Flavia dos Santos Etgeton – Supervisora Fisioterapia, Farm. Helaine Roselis de Luca – Farmacêutica, Srta. Jéssica Luana Portela – Secretária, Enf.ª Juliana Carina Marquetti – Gestora da UTI, Sr. Luis Fernando Scardazan – Coordenador Administrativo HSVP, Sr. Luiz Antonio dos Santos – Coord. Serviços Téc. E de Apoio, Dr. Michael Ricardo Lang – Diretor Técnico/Neurocirurgião, Enf.ª Milena Cristini Souza – Gestora SUE/Ambulatório, Psico. Pollyana Weber Pawlowytsch – Psicóloga/Coord. de Pessoas e Processos, Sr. Roberval Smekatz –  Gestor de TI, Dr. Rodrigo Barbosa Longuinho e Silva –  Médico Coordenador da UTI, Enf.º Rogério Leandro Weinert – Gestor do Posto III, Posto IV e U-AVC, Enf.º Romário Henrique Basso – Gestor do CC, Sra. Telma Blumenthal – Gestora SDI e Enf.ª Terezinha dos Santos Padilha – Gestora Hemodinâmica. Estes se reúnem diariamente para análise da situação, atualização e adoção das normas e orientações técnicas emanadas do Ministério da Saúde, Governo de SC, Secretaria Municipal e Estadual da Saúde e outros órgãos normatizadores das ações de Saúde, visando a proteção e segurança dos pacientes e dos profissionais do Hospital. São feitos estudos e aquisições dos insumos necessários, bem como a realização de treinamentos aos médicos, equipe de enfermagem e atendimento.

           No mês de julho de 2020, o HSVP participou do treinamento Projeto Lean nas Emergências, Plano de Resposta Hospitalar ao COVID – 19, projeto promovido pelo Hospital Sírio Libanês com a parceria do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS). O Lean é uma filosofia de gestão voltada para melhoria de processos baseado em tempo e valor, desenhada para assegurar fluxos contínuos, eliminar desperdícios e atividades de baixo valor agregado e dar maior agilidade aos processos. Após esta participação o Comitê passou a ser chamado de Gabinete de Crise adaptando também algumas formas de controle, melhorando ainda mais os processos e sistemas de gerenciamento. O Hospital São Vicente de Paulo teve reconhecimento do Estado de Santa Catarina pela agilidade e qualidade de gerenciamento implementado para monitoramento.

          Com todas as informações coletadas em tempo real e a organização da equipe, é possível o Gabinete de Crise realizar analises diárias e tomar decisões rápidas em prol do bem estar dos pacientes. Através deste gerenciamento tem-se os números em tempo real de Demanda (por leitos de internação e UTI); Espaço (taxa de ocupação de internação e UTI); Equipe; Equipamentos (EPIs, Insumos, Medicamentos, gerenciamento de oxigênio, gerenciamento de monitores e ventiladores); bem como as saídas (altas/óbitos Geral e Covid).

          Várias decisões são tomadas e medidas adotadas diariamente prevendo situações e antecipando soluções, como por exemplo: abastecimento dos tanques de oxigênio, níveis de estoques de medicamentos, a decisão organizada de transferências de pacientes entre hospitais e leitos de forma a atender a alta demanda diária.

           Para o Dr. Michael, este Gabinete é de suma importância para o bom andamento dos trabalhos “Nesse momento, principalmente onde a taxa de ocupação das UTIs gira em torno de 90 a 100%, conseguimos ser bastante ágeis para liberar ações, remanejamento de leitos e temos conseguido de uma forma bastante eficiente, absorver tantos leitos de paciente com covid, quais são todos regulados pelo sistema de regulação do Estado, quando as demais especialidades.”, explica. E ainda complementa “até o momento, não faltam medicamentos, não faltam nenhum tipo de insumos, temos sempre uma retaguarda para três meses, porém a alta de valores que está acontecendo novamente começa a comprometer este estoque. E contamos com um trabalho importante da equipe médica, higienização, enfermagem, técnicos, manutenção, todos trabalhando muito, mesmo estando no seu limite tanto físico e psicológico, mas todos devidamente treinados e motivados, assim temos conseguido” salienta o Coordenador.

            Mesmo com a pandemia, o Hospital não parou. Por se tratar um hospital referência em Traumatologia, Neurologia e Cardiologia, de média e alta complexidade, pacientes acometidos por estas outras patologias continuam chegando e sendo atendidos, vindos dos 18 municípios que compões a região de abrangência do HSVP.

            Sendo assim o trabalho deste Gabinete de Crise, torna-se ainda mais importante para gerir toda a demanda que a unidade necessita, e possibilitar aos profissionais do hospital um trabalho com respaldo legal, ético, moral com igualdade e justiça para todos os pacientes que dependem de atendimento.

Acompanhe alguns números:

 

COVID-19

***Número de casos investigados para COVID-19 no período de março de 2020 à março de 2021 – 551 casos

 

POSITIVOS:

Feminino   –   82 Masculinos   –   123
Óbitos Femininos   –   21 Óbitos Masculinos   –   28

 

NEGATIVOS (pacientes que eram suspeitos e o PCR negativo):

Feminino   –   160 Masculinos   –   186
Óbitos Femininos   –   19 Óbitos Masculinos   –   26

 

 

CONSULTAS DE DIVERSAS PATOLOGIAS

 

grafico

 

Toda esta nova realidade alterou o dia a dia dos trabalhos do hospital e também dos profissionais, bem como suas vidas pessoais. Confira alguns depoimentos de membros do Gabinete de Crise que estão na linha de frente dos atendimentos:

 

milena“É um trabalho bastante desafiador diariamente, com a pandemia ficou ainda mais, pois não há treinamento nem formação para este tipo de situação. É um grande desafio psicológico também, uma grande pressão porque queremos realmente atender a todos; e fazer toda a logística para disponibilizar este atendimento não é fácil. As vezes recebemos ligações e mensagens de famílias pedindo leitos, porém estes leitos são administrados por uma central de regulação e não podemos fazer nada, é bem difícil. São muitas situações que demandam de decisões precisas e rápidas por se tratar da vida e saúde das pessoas É aí temos uma das grandes importâncias do Gabinete de Crise, pois nos dá as informações e respaldo para que possamos tomar estas decisões da melhor e mais segura maneira.

O apoio e ter a possibilidade de dividir as situações entre os gestores, poder contar com a equipe, nos faz ficar mais leves e seguros com toda esta situação, podemos dividir as angustias e muitas vezes desabafar. Mesmo com falta de profissionais que nos deparamos, este planejamento, união da equipe e informações diárias, faz com que consigamos prever situações e adiantar soluções. Caso a situação se agrave, já temos plano B e C, não queremos usar, mas temos provisionadas. Todos estamos trabalhando no limite, férias e folgas só em últimos casos, mas trabalhamos desta forma por comprometimento e amor ao que fazemos, sabemos que tudo isso vai passar, mas no momento essas medidas são imprescindíveis. Tenho aprendido muito tanto como profissional, quanto como pessoa.”

Milena Cristini Souza, Gestora do SUE – Serviço de Urgência e Emergência

 

1bf3f5f3-6bee-41f2-8674-ea43cb6f240f“A união deste grupo, a discussão de situações em conjunto com profissionais de todas as áreas do hospital, diferentes pontos de vista e especialidades, nos fazem ter uma melhor visão facilitando as decisões, visto que elas sempre devem ser tomadas com urgência, não há tempo para grandes planejamentos e estudos, na hora que o paciente está ali na sua frente, a decisão deve ser imediata para garantir sua vida.

A UTI além de tudo, absorve pacientes do Centro Cirúrgico, Hemodinâmica, pacientes de rebaixamento de setor e ainda os leitos de COVID, é uma questão bastante dinâmica que precisamos nos desdobrar para atender a todos. O aprendizado é diário, sempre tentando ajustar os processos da melhor forma possível. No início da pandemia tínhamos dificuldades por ser uma questão completamente nova para todos, que hoje, já conseguimos desenvolver com maior facilidade.

Como pessoa, quando olho a situação do país, outros estados e cidades entrando em colapso, até municípios de Santa Catarina em dificuldades, vejo que o nosso hospital está seguindo muito bem, no seu ritmo, sem deixar de prestar assistência e absorvendo pacientes vindos destes locais e com índice de mortalidade baixo, vemos que estamos levando isso muito bem. E atribuo este “levando isso muito bem” a este gabinete de crise juntamente com os mais de 400 profissionais do HSVP, que com tamanho comprometimento, não veem hora nem dia para fazer a engrenagem andar e resolver as situações. Aprendi muito como profissional e como pessoa com toda esta situação sim, aprendo todos os dias.”

Enf.ª Juliana Carina Marquetti, Gestora da UTI – Unidade de Terapia Intensiva

 

denise“A grande importância do Gabinete de Crise é a centralização, coordenação e direcionamento das ações da instituição frente ao novo cenário que surgia com a pandemia, visto que não bastava apenas seguir as leis neste momento de crise, mas também continuar agindo com ética na tomada de decisões.

Além da preocupação em atender bem a todos os pacientes recebidos pelo hospital, tanto de COVID, quanto outras patologias, sempre tivemos a preocupação em fazer isso de forma a garantir a saúde e evitar a transmissão do vírus a outros pacientes e profissionais da instituição. E com a atuação do Gabinete, pudemos organizar fluxos e protocolos que está nos fazendo passar por este período com maior segurança e suporte a todos. O HSVP é um Hospital moderno, com grande parte de seus serviços informatizados, ao mesmo tempo humano e acolhedor.

Para mim, como profissional, ter a oportunidade de integrar esta equipe multiprofissional tem sido um desafio e um grande aprendizado diário, no processo de integrar e valorizar a instituição para a qual trabalho, mas principalmente, podendo contribuir de alguma forma a promover e prevenir a saúde de nossos pacientes e colaboradores.”

Denise Dallagnol – Enfermeira do Serviço de Controle de Infecção do HSVP

 

1 site       2 site

» CONTEÚDOS:
» ASSESSORIA DE IMPRENSA:
Copyright © 2021 Hospital São Vicente de Paulo. Todos os direitos reservados.

Mantenedora: Associação de Caridade São Vicente de Paulo
Diretor Técnico: Dr. Michael Ricardo Lang - CRM/SC 14723
SITE DESENVOLVIDO COM A QUALIDADE DA EMPRESA: